BA: Ribeirinhos impedem despejo

BA: Ribeirinhos impedem despejo

FONTE: A Nova Democracia

No dia 24 de janeiro, a mando do latifúndio, pistoleiros e tratores tentaram invadir as roças pertencentes às comunidades ribeirinhas de Braço do Roçado que residem às margens do rio São Francisco no município de Barras, estado da Bahia. As famílias se organizaram e impediram o ataque.

Os trabalhadores, ao perceberem tal ação, acionaram a comunidade e formaram grupos que contavam com homens, mulheres e crianças, para impedir a destruição dos barracos e plantações. Durante a tentativa de ataque, os ribeirinhos afirmaram: “Aqui quem manda que é o trabalhador, aqui é da união, aqui não tem pros fazendeiros não, aqui é nosso, aqui é do trabalhador. O dono somos nós!  Aqui tem 37 famílias, trabalha mais de 30 anos”. Devido à resistência, os pistoleiros e tratores se retiraram prometendo buscar reforço, mas até o momento não retornaram.

Desde 2017, o latifúndio Agro Industrial Outeiro do Vale Ltda Me/Cativa-agroindústria Inojosa e Tenorio Ltda (Caiov) tem tentado despejar famílias desta área. O seu objetivo é deixar livres as margens do rio para que o uso das águas seja conforme seus interesses.

admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *